« O Baguazhang dos cinco dragões do patriarca Lü de Wudang »

Palma dos oito trigramas com o coração do dragão

 A Palma dos oito passos celestiais da ursa maior

Semelhante ao que é popularmente conhecido como Baguazhang, a forma “Oito passos” é um estilo muito antigo de caminhar em formas circulares, estando completamente interligado com a teoria Daoista e os princípios dos Oito Trigramas. Os padrões criados pelo praticante ao caminhar são símbolos antigos que imitam os ciclos da Terra, a lua, o sol e as estrelas. Ao manter o seu lugar dentro desses padrões e unificar o corpo com princípios universais, o praticante torna-se capaz de desenvolver e aproveitar um enorme poder intrínseco.

Esta prática é dividida em yin-yang, oito passos e três partes: Céu, Terra e Homem.

O Estilo Puro Yang de Wudang foi transmitido pelo Patriarca Daoista Lü Dong Bin,existindo há mil anos. O mestre disse:

“Em Wudang há uma Escritura do Tribunal Amarelo,
E o Puro Yang tem três tipos de habilidade “.

A transmissão da arte marcial Puro Yang divide-se em três partes. Uma das habilidades é o método do Punho Puro Yang de Wudang, o segundo é o método da espada Puro Yang de Wudang, o terceiro é o método do Gong (habilidade) Puro Yang de Wudang. O método do Punho Puro Yang de Wudang (a Palma dos oito passos celestiais da ursa maior) é uma forma única,  preciosa  e rara (taolu) das artes marciais internas das montanhas de Wudang, ensinada apenas dentro da linhagem. É originária de um alto sacerdote daoista, um mestre imortalizado e muito respeitado nos estudos das artes marciais de Wudang. Foi transmitida pelo imortal mestre daoista Liu Li Hang, já nos seus 100 anos de idade. Esta forma (taolu) assemelha-se ao Taijiquan não sendo, no entanto, Taijiquan. Assemelha-se à Palma dos Oito Trigramas (baguazhang) não sendo, no entanto, a palma dos oito trigramas. Assemelha-se ao a Xing Yi não sendo, no entanto, Xing Yi.

“A Palma dos Oito Passos Celestiais da Ursa Maior é antiga e sem adornos,
refinada e rara,
transcendendo o mundano,
e expulsando o convencional.”

Os Essenciais:O método do Punho Puro Yang de Wudang considera o cultivo do corpo e o nutrir a natureza de cada um como o seu propósito. Fora da linhagem, os ensinamentos são vistos pelos três círculos, as seis partes e os “Os Nove Caracteres de Regresso ao Uno” como o sendo o seu princípio orientador.

Os três círculos são:

Círculos que cruzam e ligam as mãos, círculos dobrando as pernas e caminhando, círculos de rotação e torção da cintura.

As seis partes:

Mãos e pés, joelhos e cotovelos, ombros e quadril.

Os nove caracteres que retornam ao Uno são:

Espírito, Intenção, Qi, Força, Padrões, Dinâmica, Suavidade, Vazio e Alma.

Considera as “três celeridades e as cinco unificações” como o seu objetivo.

As três celeridades são:

Rapidez das mãos, ligeireza do corpo e velocidade a caminhar.

As cinco unificações são:

“O Espírito une-se com a Intenção;

A Intenção une-se com o Qi;

O Qi une-se com a Força;

A Força une-se com as Posturas;

As Posturas unem-se com a Disputa.”

 Estilo:  

“O vento sopra sobre as flores de lótus, balançando-as para a esquerda e para a direita. Nuvens flutuam e a água corre, movendo-se continuamente sem interrupção; Passos que trilham e suspendendo os pés. O Qi circula e a natureza individual é nutrida. Movimento lento e rápido, formas circulares e os oito métodos.” Além disso, a cintura assemelha-se a dragões e cobras, espiralando para a esquerda e para a direita, cruzando, ligando o sinuoso e caminhando por movimentos que giram naturalmente e à vontade. O Qi circula então sem obstáculos e de forma harmoniosa. As emissões de energia são rápidas, os ataques ocorrem como um relâmpago, a realização do gong (habilidade) é leve e rápida, como se fosse um turbilhão. Os oito métodos são: Girar e rodar, perfurar e atravessar, enrolar e espiralar, rolar e transformar. O vazio, o espírito, a circularidade e a dinâmica são a essência e o objetivo principal. Na sua força estão contidos: Métodos de erguer, inclinação, rodar a palma, cotovelos, cortar, atravessar, estourar, piscar, empurrar, pressionar, puxar e subjugar, abraçar, suportar, chocar, colidir, carregar, posições e posturas, movimentos transversais e bloqueio.

Pontos especiais:

  Atravessando, movimentos que conectam e serpenteiam, permutando mutuamente entre yin e yang, os oito trigramas voltam; o dragão nada no oceano e no céu. Como se uma andorinha varresse as águas, assemelha-se a um macaco numa escalada. O corpo e o caminhar são leves e graciosos. Os seus métodos de caminhar têm uma rota, caminhando pelo diagrama do Tai Ji, Yin-Yang, cinco transformações e oito trigramas. A sua forma e padrões são elegantes e flutuantes, a sua aparência compara-se a um imortal a voar.

Efeitos:

“Quando alguém pratica este método do punho, sente-se um Qi forte. Dentro de um período muito breve, será capaz de perceber o Qi do Campo de cinábrio tornar-se vigoroso e abundante. Quando o Qi circula em todo o corpo, O corpo é leve e os pés enraizados. O estado de espírito é alegre e jovial. Separado do reino mundano Temos a sensação de que o corpo está nas nuvens”.   Pode-se alcançar o refinamento do Qi, a longevidade, livrar-se de doenças e prolongar a vida. Também é eficaz para proteger a vida, disputar e lutar, bem como repelir inimigos. Além disso, o seu conteúdo possui segredos que não são ensinados fora da linhagem. Será inapropriado expor estes princípios aqui.