Introdução ao Tai Chi de Wudang

O Punho do Tai Chi de Wudang integra-se dentro do Daoismo. Corresponde à especial cultura chinesa no que respeita às artes marciais, mais ainda enquanto práticas daoistas do desenvolvimento do caráter inato e do destino de vida, através de movimentos nos exercícios. As teorias deste são baseadas no Dao universal do 《Dao De Jing》:

“O Dao é a origem do Um;

O Um origina o Dois;

O Dois origina o Três;

O Três origina as dez mil coisas;

As dez mil coisas sustentam o Yin e abraçam o Yang,

Este Qi adaptativo é considerado a harmonia.”

jj

Além disso, o Yi Jing: Livro das Mutações diz:

“O Taiji origina as duas polaridades de Yin e Yang;

Yin e Yang originam as quatro divisões;

As quatro divisões originam os oito trigramas.”

Sendo os princípios do Taiji de Wudang baseados nas doutrinas da “Escritura da Corte Amarela”, as teorias deste são bastante profundas e misteriosas. Nenhuma outra forma de Punho pode imitar ou comparar-se com o Taiji. É por isso que, para estudar o Punho Taiji de Wudang, primeiro é preciso compreender o Dao do Taiji e investigar a doutrina do Daoismo no cultivo duplo, no que respeita ao caráter inato e do destino de vida.

Tal como no primeiro artigo Os princípios do punho Taiji Fist’s, de Wang Zong Yue: 

“O Taiji nascido do Wuji, o Infinito Sem Fronteiras;

O mecanismo e o funcionamento do movimento e da quietude;

A mãe do Yin e Yang.”

Feng Shui

Tai Chi de Wudang

Estas frases são poucas e breves; no entanto, incorporam 5000 anos da profundidade cultural chinesa e os princípios gerais da prática do Taiji. Os antigos superiores daoistas que fundaram as linhagens daoistas passaram e disseminaram os estilos do Punho do Taiji. No início, era pretendido que circulassem o Qi e o sangue obstruído após longas sessões de meditação sentada, de cultivar o silêncio, da prática de alquimia interna e do cultivo do Dao. Podemos confiar nos princípios do Taiji de Wudang para mutuamente adequar o corpo ao movimento e à quietude. É também praticado para evitar o envelhecimento, a fraqueza e a estagnação do Qi no corpo. No entanto, é preciso adequar ao Dao do Yin e Yang, ao movimento e ao silêncio. No passado havia também muitos bandidos e bestas selvagens, pelo que o Taiji servia também para proteger o corpo para que pudesse continuar a cultivar o Dao.

O Taiji enfatiza que:

“Movemo-nos em último, mas atingimos primeiro”.

Portanto, o Taiji de Wudang não é uma forma inicial e ativa de Gong fu para aqueles que gostam de lutar. É passivo e defensivo. Os praticantes do Taiji de Wudang, inicialmente devem entender a suavidade e a flexibilidade, a quietude e o vazio. Os princípios de, nem água e nem fogo, nem duro nem macio, nem demasiado nem muito pouco, não desviar do centro, pacificar sem disputar. É preciso considerar a suavidade e a gentileza como base. Suavidade, não é sinónimo de negligente ou frouxo, dureza não equivale a rigidez. Dureza e suavidade são mutuamente favoráveis, portanto ambos são eficazes e nunca devem parar. A razão pela qual não se pode chamar apenas de suavidade ou apenas dureza, é que a dureza e a suavidade são um todo indivisível e integral:

“Grandes poderes escondem-se;

Invisíveis ao exterior;

Não deixam vestígios;

Assim, poderá ser chamado Taiji;

– O Grande Finito.”

A prática do Punho do Taiji pode ser separado e enquadrado em alto, intermediário e baixo. O Taiji da Água e do Fogo são dois métodos distintos, dos quais os praticantes retiram os benefícios que precisem. Independentemente do propósito, tais como a saúde, a longevidade, a autodefesa ou a luta, a habilidade adquirida depende sempre do compromisso. Deve-se proceder passo a passo, com temperamento e resolução, de acordo com as necessidades específicas.

“Em última análise, todos os tipos de Taiji serão capazes de alcançar o “Punho” representativo do Dao;

Alcance a unificação do Punho e do Dao;

Alcance o reino onde os Céus e o ser humano se unificam. “

Taijiquan (Tai Chi Chuan) de Wudang no Estilo Fogo do Cavalo Celestial (Tian Ma)

O Taiji da Água de Wudang é adaptável na forma para gerar impulso, desvia-se por cem caminhos envolvendo os objetos. As características deste são como a água: vazio, ágil, gentil e trans-formativo. O Taiji do Fogo de Wudang desenvolve-se a ser enraizado como uma rocha, forte como ferro e aço, rápido como um coelho em fuga, poderoso como chamas ardentes. É utilizado para proteger a vida, defender o corpo e gerar força para apoiar os fracos. Se esta força for emitida durante a luta quebrará qualquer coisa no seu caminho, porque a intenção, o Qi, a força e um método de disputa de alto nível estão unificados. Ao praticar a habilidade (Gong) do Taiji, não devemos acentuar a dureza à custa da suavidade e vice-versa.

“Use a quietude para criar o movimento;

Use a fraqueza para derrotar a força;

Use a suavidade para superar a dureza.”

Se alguém reage em segundo lugar, mas atinge o alvo primeiro, então é capaz de subjugar efetivamente o adversário com uma única técnica. É necessário ter o suporte da potência e da força, habilidades registadas ou habilidades únicas, meditação em pé (Qigong) e meditação sentada. Atualmente, muitas das formas de Taiji ensinadas na sociedade colocam a importância na longevidade; isso deve-se ao progresso da sociedade e porque o Gong fu, na sua forma mais embrutecida, infringe a lei. A velha geração de mestres deixou este mundo e com eles o verdadeiro conhecimento tem vindo gradualmente a perder-se.

Wudang Taijiquan

Tai Chi de Wudang

No entanto, há muitos professores altamente qualificados que, ao captar e entender o princípio do Yin e Yang, cultivam o Dao. São já muitos os que se afastaram do barulho e da exagerada excitação, desistiram das suas artes marciais para se cultivarem profundamente e não mais se dispersarem em assuntos mundanos. Apenas um número muito pequeno de pessoas é capaz de entender a longevidade e, ao mesmo tempo, as suas aplicações de luta.

Para aplicar em luta, é preciso praticar as mãos, os olhos, o corpo, os métodos e a movimentação dos pés por muito tempo. Também é preciso dominar os oito métodos de força:

Expandir, acariciar, espremer, pressionar, arrancar, desmoronar, acotovelar, aproximar, etc

A forma e estrutura é o principal foco da prática, auxiliada por técnicas de dedos, palma, cotovelo, ombro, quadril, joelho e pés, além de habilidades únicas que são secretamente aperfeiçoadas.

No passado, a antiga geração de mestres do Taiji disse:

“Dez anos a desenvolver o Gong do Taiji não é suficiente para que alguém se atreva a sair de casa.” 

O motivo é que o Taiji é diferente de outras formas de Gong fu. Desenvolver a habilidade (Gong) no Taiji não é fácil, os requisitos para o corpo, o Qi, a intenção e o espírito, são relativamente rígidos. Seria impossível escrever todos os princípios e regras do Taiji de Wudang, mesmo que fosse um livro muito grosso.

No templo, o estilo de fogo e água do Taiji de Wudang é ensinado através da forma curta e dinâmica, o Cavalo Celestial do Taiji de Wudang da Montanha do Cavalo Branco, composta por algumas posturas essenciais de Taijiquan. A mesma combina o poder circular de Wudang, as posições profundas e as explosões de Qi (fa jin, 発勁,) da família Chen.

Yin Yang – Abrir Fechar,

Inspirar Expirar – Armazenar Libertar

Água Fogo – Após Conclusão

Vazio Divino – Profundo Misterioso

CONTEÚDO:

  • Forma dos 33 movimentos
  • Três níveis de postura, Oito tipos de formas de prática dos métodos
  • Song Ti (técnica de relaxamento dos músculos e tendões)
  • Chan Si (Enrolar da seda)
  • Estáticas avançadas de Fa Li – treinar 26 tipos de emissão de Qi (punho, palma, cotovelo, ombro, quadril e perna)
  • Combinações de Fa Li
  • Treino avançado para fortalecer a estabilidade e equilíbrio com as técnicas da chuva, lama, gelo, água e tigela
  • Habilidade do pilar do Taiji: pilar em movimento e pilar em pé
  • Habilidades únicas: palma que empurra montanhas, cotovelo que desvia montanhas, cintura que arranca montanhas, braço que mói montanhas (em conjunto totalizam sete tipos de prática

EMPURRANDO MÃOS (TUI SHOU)

O exercício ensina o aluno a ser submisso e é uma forma passiva de combate, ensinando as áreas subtis e mais sensíveis das artes marciais. Como diz o Li Shifu, o treino de Empurrar as Mãos é uma forma de cultivar a felicidade na relação entre dois seres humanos, mas também pode ser uma ferramenta mortal no combate corpo-a-corpo. 

CONTEÚDO:

  • Kou tui (perna de gancho)
  • Dan shou: ping, li, shun (mão única: vertical e horizontal)
  • Ba Zi: zuo, you (figura do oito: lado esquerdo e direito)
  • Shuang tui: ding, huo (mãos duplas: mantendo a postura, em movimento)
  • Da hua: nei huan, wai hua (mão da grande transformação: dentro, fora)
  • Si zheng: peng, lü, ji, an (habilidade básica dos quatro padrões)
  • Si yu (quatro cantos)
  • Da lü (grande golpe)
  • Da kao (grande inclinação)
  • Chan si shou: nei, wai
  • Luan cai hua (dar livremente)
  • E mais…
Wudang Tai Chi Tui Shou Training

Tai Chi de Wudang